Dedetização

Moda

A D.D.Vin possui os mais avançados recursos no combate e controle das diferentes infestações de pragas urbanas, como baratas, pulgas, traças, aranhas, escorpiões, utilizando-se dos mais modernos métodos de aplicação e técnicas desalojantes e residuais, adequando-se a cada caso e necessidades específicas. Utilizamos as mais modernas e eficientes matérias primas, como por exemplo, micro-encapsulados entre outros.

Especificamente no combate às baratas e formigas, utilizamos além do produto convencional (Pulverização), o confortável e eficiente sistema gel, totalmente inodoro; cuja aplicação é direcionada a focos e pontos estratégicos. O produto age por reação em cadeia.

 

Desratização

 

Grandes centros urbanos sofrem infestações de roedores por oferecerem ótimas condições de abrigo e fácil acesso à água e ao alimento. A grande produção de lixo, o mau acondicionamento e a higiene precária, também contribuem significativamente para o descontrole dessa praga. Dentre as diversas espécies, podemos citar as de maior importância que são ratos de esgoto, de telhado ou os pequenos camundongos. A D.D.Vin possui técnicas adequadas, desde aplicações direcionadas e localizadas, como também contratos de manutenção e monitoramento periódico. Utilizamos iscas granuladas ou blocos parafinados ou ainda produtos em pó e armadilhas. Todos os nossos produtos são sempre dispostos em porta-iscas devidamente identificados, seguros e autorizados por órgão competente.

 

 

 

 

 

Moda Feminina

 

Moda Masculina

 

Moda Infantil

 

 

 

Moda

Limpeza De Caixa D’água

 

É o processo físico, químico ou biológico aplicado à água com a finalidade de eliminar microorganismos eventualmente presentes, capazes de transmitir doenças ao homem. Quando adequado e realizado, pode levar à eliminação de praticamente todos os microorganismos, independente se patogênicos ou não, conduzindo até a esterilização do meio.

 

 

 

  • Cloração

 

É o processo de desinfecção e/ou prevenção contra contaminação utilizando cloro como agente desinfetante. Não basta simplesmente desinfetar o sistema, é necessário manter essa condição sem interrupção. Para tanto, quando realizado com uso de produtos químicos, é imprescindível que exista sempre certa quantidade do agente desinfetante, chamado residual, para garantir segurança à saúde do usuário.

 

  • Eficiência da desinfecção pelo cloro

 

A eficiência pode estar relacionada a diversos fatores. Entre eles:

  • A concentração do composto clorado – quanto maior, mais efetiva;
  • Espécies: cloro livre ou combinado – o livre é muito mais eficiente;
  • Tempo de contato – quanto maior, mais efetiva a ação;
  • Ph – influi na dissociação das espécies cloradas;
  • Tipos de microorganismos – alguns são resistentes;
  • Presença de outros compostos – provoca consumo adicional e precipitação de insolúveis;
  • Características físico-químicas da água, incluindo a de alimentação;
  • Concentração de microorganismos – pode neutralizar ação residual;
  • Temperatura maior favorece a proliferação de microorganismos;

 

  • Ação bactericida do cloro

 

Sabe-se que as enzimas exercem papel fundamental nas atividades metabólicas dos seres vivos através de reações bioquímicas indispensáveis à manutenção dos processos e funções vitais. Alterações no mecanismo de atuação das enzimas podem desencadear um processo irreversível e letal ao indivíduo. Estudos sobre o efeito do cloro em microorganismos sugerem a inativação do trio fosfórico desidrogenasse uma das cerca de 20 enzimas envolvidas na oxidação da glicose, inibindo dessa maneira a obtenção de energia essencial à manutenção da vida.

 

Caixa de gordura

 

A caixa de gordura pode ser feita de diversos materiais como, por exemplo, alvenaria ou plástico. Geralmente a caixa de gordura está presente na pia, com a ajuda do sifão, a gordura é transportada até essa caixa impedindo que caia na tubulação, além de evitar possíveis entupimentos, ajuda a preservar o meio ambiente.

Recomenda-se que a limpeza e/ou manutenção seja feita periodicamente, a cada 02 meses, ou de acordo com a necessidade, lembrando que a manutenção preventiva é geralmente mais viável, pode ser feita uma limpeza manual 01 vez por semana.

A gordura que for retirada deverá ser armazenada em um saco ou recipiente próprio, nunca descartada no meio ambiente ou jogada no esgoto.

 

 

Institucional

 

Home ServiçosEmpresaContato

 

Social

 

 
 

 

© 2019, DDVIN. Todos os direitos reservados. Sites Práticos
FECHAR